Thursday, March 02, 2006

Era já tão drogado que usava o dinheiro do lanche para obter folhas recém-saídas do mimeógrafo, as quais cheirava às escondidas no banheiro que os demais não frequentavam devido às constantes aparições da Mulher de Algodão.

1 comment:

hunnybunny said...

tô adorando isso. ô mente doente.